logo

O marketing digital maximiza os lucros e divulga a empresa com eficiência para o seu público-alvo.

Conheça os nossos serviços:

Criação de Sites

Domínios e Hospedagem

Publicação e Geolocalização

Anúncios Online

Contato AZ Sites
Para mais informações, entre em contato conosco e tire suas dúvidas. Estamos à disposição.

(11) 4693-3799

atendimento@azsites.com.br

Guararema - SP

(11) 4693-3799

Guararema - SP

Top

Para consumidores globais, opiniões de amigos e familiares têm mais valor

Para consumidores globais, opiniões de amigos e familiares têm mais valor

Consumidores de diversas regiões do planeta confiam mais em opiniões de pessoas conhecidas e menos em anúncios de texto vinculados em aparelhos portáteis, segundo um estudo apresentado em abril de 2012 pela Nielsen.

92% dos compradores entrevistados afirmam que confiam em recomendações de amigos e familiares, crescimento de 18% em relação ao ano de 2007. Opiniões de consumidores publicadas on-line (70%) são consideradas a segunda fonte mais confiável, à frente de conteúdos editoriais publicados em jornais e sites de marcas (ambos com 58%). Apenas 29% dos inquiridos confiam em anúncios de texto em celulares.

Estes resultados contrastam com outra pesquisa divulgada esse mês pela Ipsos, a qual descobriu que embora os consumidores globais procurem conselhos de amigos e familiares durante o processo de compra, apenas 38% passam a confiar mais em um produto ou serviço por conta destas sugestões.

Influência da mídia tradicional em queda

O estudo “Global Trust in Advertising 2012″ da Nielsen ainda mostra que o poder de persuasão das mídias tradicionais diminuiu significativamente entre 2009 e 2011. Enquanto aproximadamente metade afirma confiar em anúncios na TV (47%), revista (47%), e jornais (46%), a confiança nestes canais cedeu 24%, 20% e 25%, respectivamente.

Confiança nos anúncios on-line ainda é baixo, mas cresce

Anúncios vinculados na internet são menos persuasivos quando comparados aos exibidos em mídias tradicionais, com exceção dos divulgados em sites de marcas, que são considerados confiáveis por 58% dos consumidores. Por exemplo, apenas 40% dos compradores on-line confiam nas propagandas encontradas em motores de busca, enquanto 36% têm este sentimento sobre os anúncios em vídeos ou em sites de redes sociais. Estes resultados são semelhantes aos ostentados por outro estudo da Nielsen e NM Incite, o qual descobriu que a persuasão dos anúncios no site da marca é superior a qualquer outra forma de publicidade on-line.

Embora banners on-line sejam confiáveis para apenas 33% dos consumidores, este nível cresceu 27% desde 2007. De forma similar, enquanto o grau de confiança nos anúncios de texto vinculados em celulares é o mais baixo (29%), a proporção aumentou 61% desde 2007, e 21% quando comparado a 2009.

Recomendações de amigos e familiares são as mais relevantes

Quando indagados sobre os meios mais relevantes para se obter informações durante o ciclo de compra, 90% dos entrevistados afirmam que informações de amigos e familiares são as mais eficazes, seguido por opiniões de consumidores postadas on-line (75%), sites de marcas (59%) e conteúdos editoriais, tais como matérias de jornais (55%). O nível de relevância das propagandas vinculadas nos meios tradicionais variou entre 40-50%, enquanto os canais on-line obtiveram uma pontuação mais tímida, exceto anúncios em motores de busca (42%).

Outras informações relevantes:

Consumidores latino-americanos são os que mais confiam em anúncios, apresentando o maior índice de confiança em 17 dos 19 métodos de publicidade analisados.

O grau de confiança dos anúncios encontrados em telefones móveis é maior no Oriente Médio e na África, com 40% dos inquiridos destas regiões afirmando confiar neste método de publicidade. Estes consumidores também são mais propensos que a média mundial a confiar em propagandas vinculadas em outdoor e outras ao ar livre (59% vs 47%).

Consumidores da Ásia-Pacífico possuem o nível de confiança mais elevado em todos os canais quando comparado a média global. Além disso, eles são os que mais confiam em opiniões de amigos e familiares (94%) e de consumidores postadas on-line (76%).

Os norte-americanos e europeus parecem ser os mais céticos quando o assunto é propaganda, com os europeus apresentando o grau de confiança mais baixo em todos os quesitos.

Fonte: http://ecommercenews.com.br/noticias/pesquisas-noticias/para-consumidores-globais-opinioes-de-amigos-e-familiares-tem-mais-valor

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.